Este site utiliza cookies . Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Para mais informações consulte a nossa Política de Cookies. Fechar
Menu Lateral
Informação sobre o curso Gestão de Tempo e Organização do Trabalho
Duração
16.0 horas
Nível Inicial
Nível 4
Preço
151.600,00 Kz
Objectivo Geral

O curso de Gestão de Tempo e Organização do Trabalho permite aos participantes melhorar a sua organização pessoal e gestão do tempo no sentido de conseguir uma maior eficácia e eficiência no seu dia-a-dia profissional.

Objectivos Específicos

No final da acção os formandos deverão ser capazes de:

  • Organizar as suas tarefas diárias, de modo a gerir eficazmente o seu tempo
  • Desenvolver atitudes construtivas nas suas relações de trabalho
  • Desenvolver capacidades de liderança e de motivação dos colaboradores
  • Utilizar adequadamente o tempo, como forma de aumentar a eficácia da sua organização pessoal
  • Definir funções e formular objectivos de trabalho
  • Planificar a sua actividade em função de objectivos
  • Identificar tarefas críticas
  • Estabelecer critérios para priorizar as actividades para si e para os outros
  • Delegar eficazmente: quê? A quem? Como?
  • Identificar características para gestão do tempo
  • Gerir as interrupções
  • Melhorar a utilização do telefone
  • Distinguir tarefas urgentes e importantes
  • Organizar e utilizar sistemas de gestão e acompanhamento do tempo

Metodologia

  • Método activo, com constante interacção com os participantes de maneira a que haja facilitação para a criação de ideias e confirmação dos conteúdos apreendidos
  • Vivências e exercícios que permitam a partilha e o crescimento
  • Formação centrada no formando, promovendo a auto-aprendizagem e a descoberta do eu e do outro
  • Criação de planos de acção para melhoria de competência pessoais e profissionais

Conteúdos Programáticos

Enquadramento Geral

  • Introdução e Objectivos
  • Validação pelo formador das necessidades específicas dos formandos

Gestão do trabalho, tempo e stress

  • O que entendemos por Gestão do Tempo, e as suas dimensões
  • Princípios da administração do tempo: Objectivo Priorização e Controlo
  • Planeamento – Porquê Planear Gerir Prioridades Etapas do Planeamento Plano de Acção

Os ladrões de tempo

  • Análise da utilização do tempo
  • Identificação dos principais “ladrões” do tempo, como ferramenta de gestão e organização das rotinas diárias

Identificar desperdiçadores de tempo

  • Desperdiçadores de Tempo Externos e internos
  • Planos de acção para reduzir e minimizar os desperdiçadores de tempo
  • Impactos na competitividade A síndrome da urgência
  • O paradigma da importância A procrastinação

Os economizadores de tempo

  • Saber dizer não
  • Conhecer o conceito de stresse e que variáveis intervêm no processo

Objectivos, Funções e Tarefas

  • Definição de funções e actividades, para construir de forma estruturada agenda do dia
  • Formulação de objectivos profissionais, para um maior rigor na caracterização das tarefas

Medidas para melhorar o aproveitamento do tempo

  • Definir objectivos, planificar as medidas e as actividades
  • Modelos de planificação escrita
  • Controlo de interrupções
  • Metodologia para a planificação das tarefas

Compreender o que é o Stress

  • O lado positivo e o lado negativo do stress: o bom e o mau stress
  • Consequências físicas, psicológicas e organizacionais
  • Identificar as fontes internas e externas de stresse: conhecer os seus “stressores” e os sinais de alerta
  • Diagnosticar os seus níveis de stress
  • Tomar consciência que não somos não passivos face ao stress

A utilização do Correio Electrónico

  • 8 Princípios básicos da comunicação escrita
  • Regras da Comunicação Virtual

Plano de acção de melhoria

Avaliação

  • A avaliação formativa, que se projecta sobre o processo de formação, permitindo obter informação sobre o desenvolvimento das aprendizagens, com vista à definição e ao ajustamento de processos e estratégias pedagógicas. Os critérios a utilizar deverão ser:
    1. Assiduidade e Pontualidade (Comparece às horas marcadas e cumpre o horário da formação);
    2. Participação Ativa (está motivado; interage com o grupo; participa nos grupos de trabalho; coloca questões e exprime opiniões criticas e fundamentadas);
    3. Impacto de formação (evolução entre o perfil de entrada e o perfil de saída);
    4. Resultados Alcançados (testes, trabalhos individuias e de grupo; provas em cursos homologados).
  • A avaliação sumativa, que terá por função servir de base de decisão para a certificação, será suportada em trabalhos práticos (individuais e/ou em grupo), e/ou testes, e/ou observação directa, consuante o mais adequado a cada formando/a. O resultado final deverá ser expresso em ”Com Aproveitamento” (certificação) ou “Sem Aproveitamento”, em função do/a formando/a ter ou não atingido os objectivos da formação.